Será que vai chover?
Clique aqui para acessar a previsão do tempo no site da BBC London

Saiba como chegar a qualquer lugar de Londres acessando o site Transport for London
Procurando o telefone de alguém? Quer saber em que cinema o filme que você quer ver está em cartaz? Então clique aqui
Clicando AQUI você acessa as dicas da Leros para Londres, com aqueles LINKS que facilitam
a vida…
 

 

CRIOLO EM LONDRES
Sem perder sua identidade como rapper, Criolo transita sem o menor problema pela música soul, samba, reggae, bolero, funk e até bolero. De volta a Londres, ele vai apresentar o repertório de seu novo disco, Consulte Seu Buda, que ganhou destaque no site da revista Time por reunir ritmos dançantes, falar de injustiças sociais, e conquistar um público de diversas classes.
• 22 de janeiro, quinta-feira, 19:30h, no Village Underground: 54 Holywell Lane, EC2A 3PQ. Ingressos: £16.50. Reservas: www.villageunderground.co.uk
• Para baixar gratuitamente o novo disco de Criolo, basta visitar o site www.criolo.net

CANÇÕES DE AMOR
A soprano Gabriela Di Laccio e o pianista Marcelo Bratke apresentam canções de Villa-Lobos, Tom Jobim, Claudio Santoro e Dorival Caymmi em um concerto que tem como tema “canções de amor do Brasil”. O repertório explora a trajetória da música brasileira no século 20, do clássico ao popular, com a proposta de mostrar como a música brasileira transcende a barreira entre a música clássica e a canção popular, revelando que os dois gêneros se complementam apesar do aparente antagonismo entre eles. O concerto tem como objetivo arrecadar fundos para o projeto Bravo Brasil, criado por Gabriela para oferecer educação musical gratuita a crianças carentes.
• 30 de janeiro, sexta-feira, 19:45h, na Purcell Room: Southbank Centre, SE1. Ingressos de £15 a £18 (concessões: 50% de desconto, lugares limitados).
www.southbankcentre.co.uk

 

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


 

23 anos de Leros,
como tudo começou

“Estou atravessando o Canal da Mancha em um ferry-boat com destino à Inglaterra. Quando eu desembarcar, certamente vão me fazer perguntas e as minhas respostas vão definir o meu destino para os próximos seis meses. Já roí todas as unhas enquanto Rosana lê um livro. Ela é marinheira de primeira viagem e como no Consulado Britânico lhe disseram que brasileiro não precisa visto para a Inglaterra, ela está tranquila. Desembarcamos em New Heaven e a adrenalina começa a percorrer minhas veias assim que vejo as placas ‘EEC’ e ‘Other countries’, separando os cidadãos europeus dos outros…”

Assim começava o artigo Entradas sem Bandeiras, publicado na primeira edição da Leros…


Leia o artigo completo clicando aqui